Sola
beta
a year
Photo #1 from São Paulo, Brazil by Mr. Octopus made on 2017-11-01 10:45 for Sola

Como fabricar monstros para garantir o poder em 2018

Pense. Preste atenção na sua vida. Olhe bem para seus problemas.

Observe a situação do país. Você acredita mesmo que a grande ameaça para o Brasil – e para você – são os pedófilos? Ou os museus? Quantos pedófilos você conhece? Quantos museus você visitou nos últimos anos para saber o que há lá dentro?

Não reaja por reflexo. Reflexo até uma ameba, um indivíduo unicelular, tem. Exija um pouco mais de você. Pense, nem que seja escondido no banheiro.

Seria fascinante, não fosse trágico. Ou é fascinante. E também é trágico. No Brasil atual, os brasileiros perdem direitos duramente conquistados numa velocidade estonteante. A vida fica pior a cada dia.

E na semana em que o presidente mais impopular da história recente se safou pela segunda vez de uma denúncia criminal, desta vez por obstrução da justiça e organização criminosa,

e se safou distribuindo dinheiro público para deputados e rifando conquistas civilizatórias como o combate ao trabalho escravo, qual é um dos principais assuntos do país? A pedofilia.

Desde setembro, quando a mostra QueerMuseu – Cartografia da Diferença na Arte Brasileira foi fechada, em Porto Alegre, pelo Santander Cultural, após ataques liderados por milícias como o Movimento Brasil Livre (MBL),

arte, artistas e instituições culturais têm sido atacados e acusados de estimular a pedofilia e/ou de expor as crianças à sexualidade precoce no Brasil.

Resumindo: enquanto os brasileiros, ou melhor, enquanto sua casa foi tomada por assaltantes de dinheiro público e ladrões de direitos constitucionais, você está ocupado caçando pedófilos em museus.

Conveniente, não é? E para quem? A resposta é tão óbvia que qualquer um pode chegar a ela sem ajuda.

70votes
0SOL earned
Vote
Share
Vote
Share
41
67
70
Brazil, São Paulo
41 comments
Karl
Pedofília é sim algo importante a ser combatido, o problema é que estão taxando comp pedofilia coisas que claramente não são, que não se enquadram de forma alguma na declaração do que é pedofilia na lei.
1
Mr. OctopusAuthor
Sim, mas você acaba de cair no cerne da questão: desviar o debate do que acontece hoje, agora, para um tema fabricado intencionalmente. Não se trata da importância de combater pedofilia ou não, porque isso não tem nada a ver com as questões políticas que importam. Pedofilia não é debate político central no momento, não fosse a distorção intencional de alguns grupos.
5
DELETED USER
Está correto porém esqueceu da parte que escarnecia religião que é crime e se taxava "arte" arte é algo especial não aquele lixo e sim eu ví
Karl
Acredite, a definição de arte não é isso.
1
DELETED USER
Karl, arte tem uma definicao muito melhor que esse luxo temporário que tá perdendo moda
DELETED USER
Karl, tem um cara que faz manequim de cerâmica de 3 metros ultra realista e ele é menos famoso que museu com desenho mal feito de gente se comendo
Black
pepe, the FBI, fala de Ron Mueck?
DELETED USER
Black, Mueck criou a sua própria companhia na Bahia (Brasil), trabalhando para a indústria de publicidade. Embora altamente detalhados, estes adereços eram geralmente projetados para serem fotografados de um ângulo específico. Quando produz bonecos não se preocupa em ser realista, porem com as suas esculturas busca o máximo de perfeição possível. -Wikipedia Satander não paga isso né
DELETED USER
Black, aliás Arte do latim ars, significando técnica e/ou habilidade
Black
pepe, the FBI, nos conte o que viu na exposição, consegue descrever algumas das obras?
5
DELETED USER
Black, a do Santander? Ou a do artista? Quanto faz é bom comparar, estamos falando de um artista que dá a alma pra faze uma estátua de 2-10 metros (sã o bem grande mesmo) ou pequenas marionetes que se não fosse o tamanho você já chegaria dizendo oi pra elas É a do Santander que tem quadros de Jesus com umas porra loka no braço e alguns quadros mal feitos de gente comendo escravo e cabrito
Black
pepe, the FBI, consegue olhar e descrever apenas a técnica em que algumas coisas que lhe chamaram a atenção foram feitas?
1
DELETED USER
Black, a sim a que mais me chamou atenção foi uma bem grande que ele fez de uma velha com casaco preto (creio que deu muito trabalho) muito perfeccionismo na arte dele, que técnica, ele faz cada linha possível, até detalhes da pele
Black
pepe, the FBI, to falando da outra.
DELETED USER
Black, aaaà malz to maio confusasso A técnica eu nem notei, chamaria técnica desenho de criança, foi um quadro cheio de gente se comendo e animais junto (zoofilia) e escravos, teve alguns melhores como a do Jesus crucificado porém também não tem técnica e só um desenho mesmo de Jesus com cachorro quente e outras coisa aleatória na mao, ou seja não sequer há talento nas obras, podia ser melhor porém pra fazer merda reclamando de religião não se tem QI pra suportar talento
Black
pepe, the FBI, entendi já...
5
Mr. OctopusAuthor
pepe, the FBI, arte questiona cultura, igreja, status quo, há muito tempo. Não é, nem de longe, uma exposição específica e recente que “de repente” trouxe isso. Exposição é para os interessados, vê quem quer. O Black lhe pediu para descrever o que você viu da exposição do Queer e tudo que você fez foi repetir as distorcidas interpretações, feitas de forma lamentável. Voce infelizmente foi mais um dos que caiu no golpe de comprar qualquer coisa que escrevem na embalagem. Não foi capaz de descrever o que viu na exposição. Eu te desafio a ver, estudar e tentar compreender, com franqueza e sem nenhum pré concebimento. Você pode se surpreender.
5
Black
Octopus, 8ão..........(reverência )
Mr. OctopusAuthor
Black, a gente tem que tenta, né? Tem que expor o engodo da fácil interpretação, do rótulo mastigado que tentam nos vender.
1
Black
Octopus, apresento o que penso e respeito convicções, ainda que não concorde. Mas que é dose, é...
1
Mr. OctopusAuthor
Black, me preocupo com o quanto devemos tolerar a esse respeito. https://sola.ai/posts/OGJjYjB/
1
DELETED USER
Octopus, kek mando estudar é, eu é que mando você ganha cultura pra alguma coisa útil da vida
Mr. OctopusAuthor
pepe, the FBI, não se ofenda porque não foi pessoal, a crítica é à manipulação política à qual serviu esse ataque à exposição. Enquanto o Temer favorecia os donos do agronegócio e retirava direitos sociais conquistados às duras penas, de repente pro MBL parecia mais importante atacar... uma exposição de arte! Que não tinha nenhuma novidade, algumas das obras mais criticadas ali são dos anos 80. Olha o exemplo do link que mandei acima. Foi pura manipulação, pepe! O que você acha do MBL? Eles estão aí pra defender quem?
Karl
pepe, the FBI, he have a point...
1
DELETED USER
Octopus, tem um ponto mas ainda não é arte ;)
1
Mr. OctopusAuthor
pepe, the FBI, é arte. Pode não ser boa, você não precisa gostar; mas é.
1
DELETED USER
Octopus, arte ruim.... bem ao menos é considerado ruim, tipo dollynho seu amiguinho que é seu amigo mas é considerado cuzao
Mr. OctopusAuthor
pepe, the FBI, faça a analogia que você preferir, tem coisas boas e ruins em qualquer lugar.
1
Manyko
Concordo e discordo.... Enquanto o povo brasileiro tiver pão e circo os politicos ficarão "seguros"... A questão do museu foi sim algo revoltante, uma criança não deve ser exposta daquela maneira... criança tem aue ser criança..... mas...
Mr. OctopusAuthor
Mas cara, de qual caso você está falando? Da garotinha acompanhada da mãe que interagiu com um ator nu? Ou a exposição Queermuseu?
Manyko
Octopus, de ambos... foi um erro grotesco do museu nao colocar faixa etaria compativel.... mas de resto caguei... ate teve algumas obras q gostei...
Black
Manyko 😈, chegou a visitar a exposição, brother?
1
Mr. OctopusAuthor
Manyko 😈, na exposição do homem nu havia faixa etária. Na do Queermuseu, não é nem acho que deveria. Eu levaria meu filho lá, sem o menor problema, pois eu sei que não há nada de pedofilia, sexualização ou qualquer discurso dessa linha. Tem que conhecer melhor sobre o que se tratava a exposição, para saber o que significa. Você talvez não e é direito seu. Gostaria de ter meu direito de escolher como crio meu filho... tenho esse direito, não acha? Imagina o contrário, se fosse obrigatório excursões escolares irem numa exposição dessas, que alguns não concordam. Educação não deve ser imposta. Manyko, cuidado com essa falsa moralidade difundida com segundas intenções, não se deixe enganar, brô.
10
Manyko
Black, ahran... acho q a passagem ta catinha p mim ir visitar museu kk...
Manyko
Octopus, entendo....mas ainda continuo com a minha opinião da faixa etária mínima... Mas como tu disse tu tem td o direito de criar a tua "cria" come bem entende.... Mas como tu cita no card esse é um assunto pequeno perto dq o país passa. Cada dia sugam mais e mais do nosso dinheiro. O desemprego ainda em alta, milhares de pessoas passando dificuldades, tendo q trabalhar de sol a sol para ganhar seu dinheiro e vir um rato de terno e o roubar...
1
Mr. OctopusAuthor
Manyko 😈, sim, o lance é que nunca estivemos tão distante do que acontece em Brasília, nunca os políticos cagaram tanto pra nossa opinião como fazem hoje. Então fazem o que bem entendem e contam com nossa passividade. É exatamente isso que estamos fazendo, passivamente nada. Por quê? Há tão pouco tempo atrás estávamos nas ruas, brigamos pelo aumento das tarifas de ônibus , tiramos a presidente. E agora, já não fazemos mais nada. Por quê? Eu tenho uma opinião pessoal do motivo. Não fazemos nada porque somos mesmo muito passivos e desinteressados por política. Tanto que somos capazes de acreditar na possibilidade de eleger um cara nulo politicamente, que não tem qualquer preparo político, social ou econômico para propor um país melhor... mas ele cresce a cada dia, como se fora a solução dos nossos problemas. Acreditar no Bolsonaro é o espelho do quanto somos despolitizados e, por isso, manipuláveis. Houve uma manifestação de fato espontânea: a dos 20 centavos. Daí grupos surgiram e passaram a organizar as manifestações seguintes. Poucos perceberam inicialmente que aqueles grupos também tinham seus próprios interesses a defender. Em particular o MBL, não estava interessado em acabar com corrupção, com o problema das velhas artimanhas políticas: eles foram às ruas para defender um modelo econômico diferente do que o governo petista defendia. Conseguiram, e hoje temos o ridículo Temer desempenhando o papel que MBL e outros antigos opositores queriam. O maior problema disso é que, apesar da insatisfação geral com a política, pouco tempo antes do impeachment havíamos tido eleições e exatamente essa agenda política que o MBL defende e que o Temer executa, essa linha política havia perdido as eleições, com a derrota do Aécio, então representante desse modelo político e econômico. O país não votou nesse modelo, essa não era a linha que queríamos - as urnas apontaram para outro modelo. E hoje temos um governo Temer traindo a linha política que o elegeu, com apoio dos grupos que articularam o impeachment. Como essas medidas em pauta são impopulares, como a de dificultar a caracterização de trabalho escravo, o que obviamente só agrada um pequeno grupo de poderosos empresários, é preciso tirar o foco dos atos impopulares e voltar a atenção a outras questões que mexam com o âmago da população. Nisso vem bem a calhar a repentina repulsa a uma exposição de arte, particular, de obras que existem há décadas e nunca causou tamanha repercussão até então. O MBL conseguiu com enorme facilidade nos levar a ver o que não importa e ignorar o que realmente importa. Somos totalmente manipuláveis.
11
Black
Octopus, a política brasileira numa casca de noz!
3
Mr. OctopusAuthor
Black, não acha? Me parece tão evidente. Ninguém estuda política, história, as questões sociais do país, ambientalismo, mas todo mundo se sente à vontade para discutir política, defender conceitos políticos sem um mínimo de conhecimento sobre o tema. De novo o exemplo do Bolsonaro, um cara que acredita (mesmo) que índios estão vendendo terras para estrangeiros então temos que tirar as terras deles. Que acha que é preciso controle de natalidade da população mais pobre, ou que precisamos de intervenção militar (taí o recente escândalo pra provar que há muita corrupção no meio militar). Se é pra eleger palhaço chama o Didi Mocó, que tem até solução pra seca no Nordeste (água em pó, dissolve num copo d’água e tá pronto pra beber). Ou a questão da arte, que agora é perseguida por grupos conservadores e religiosos. Obsceno é arma de fogo, obsceno é violência, obsceno é preconceito.
Mr. OctopusAuthor
Manyko 😈, só pra esclarecer que no fim das contas acabei nem escrevendo pra ti, me empolguei mesmo. 😬
Manyko
Octopus, kkkk... mas no fim foi um bom texto .... Brasileiro sendo brasileiro. O povo acomodado e dividido. Não faltando o pão nem o circo.. o resto não "importa"...
Write something...
Send